2.9.11

You ♥3




Ingressaste na minha vida, duma forma repentina. Uma forma serena, calma sim, sem alguma intenção. Uma estima transparente, construída dia para dia, desde o princípio da manhã até por avante da noite. Aquele bom dia começou a ser comum, essencial para o sorriso do meu dia. Os nossos saberes, as nossas bisbilhotices, as nossas brincadeiras, os nossos alívios, os nossos anseios. E quanto menos esperava, esta amizade cada vez se tornava mais forte, tendo saudades e vontades. Sim, abri a porta ao evocado Amor. Ao longo destes meses, mesmo não partilhando contigo o quanto apeteceria, te reconheço por tudo o que me instruíste, por tudo o que me ofereceste, por tudo o quanto me fizeste crescer, por tudo o que cruzamos juntos, por me teres feito tão feliz, por teres gostado de mim. Os sorrisos, as lágrimas, as memórias, continuam presentes, como tu, no meu íntimo.

Tânia Castro



2 comentários:

ângela cláudia disse...

gostei muito meu amor, gostei mesmo :)

síí disse...

tens razão, fofinha, mas nem sempre é bom sentir esta saudade tantas vezes.
adorei o texto :')