19.8.11

Uma simples mudança de pneus, salvou-me de um desastre próximo.

Hoje de manhã,  estava eu a dormir profundamente, a sonhar com pessoas que (não devia), e o telemóvel começa a vibrar (detesto quando isto acontece). Lá atendo e é o Pai, a chatear-me o juízo. Assunto: ir á recauchutagem . Pronto, a muito custo lá fui eu. Depois de falar com o senhor e tal, de muito esperar para ser atendida, chega a minha vez. O meu popó lá entre na maquineta e um senhor chama o outro e mais outro. E eu interrogo a Mãe. “Que estão ali a fazer tantos homens á volta daquela roda?”. Até que um deles vem ter connosco, e nos pergunta, se não sentíamos nada fora do normal no carro, e eu disse que não. E o senhor, “Ah, é que a roda direita de trás do carro, estava desapertada, e foi alguém que a desapertou, porque não se desaperta sozinha. Com o tempo, ia-se desapertando e algo poderia ter acontecido”. Ficamos em choque! "Quem poderá ter desapertado? Conclusão, "terei assim tanta gente que me quer mal?”. Bem, se era essa a ideia, não foi ainda desta. E obrigado Pai, por me teres acordado…

2 comentários:

angelii disse...

meu deus, fiquei em choque ao ler isto princesa :/
acho que não gostar de alguém tem limites, e acho que devias descobrir de quem se trata e e teres uma grande conversa com o otário ou a otária!

Vânia disse...

oh linda, quando me contas-te até fiquei a tremer. que coisa horrivel, mas temos que descobrir quem o fez!