30.3.12


A Saudade é escassamente como fome. Só se vence quando se “come” a presença. Mas por vezes, a saudade é tão profunda que a presença é insuficiente. Deseja-se absorver a outra pessoa integralmente. Essa vontade de um ser ao outro para uma união completa, é um dos sentimentos mais iminentes que se tem na vida.


1 comentário:

pm disse...

Uau, que lindo :o
Amei e compreendo muito bem isto da saudade!
Beijinhos :b