7.11.11



O mundo não é injusto, e eu acredito plenamente nisso, mas o "mas" o "porque", continuam sempre presente nos momentos menos bons, desta nossa maravilha de vida.
Há dias atrás, confrontei-me com esse "mas", com o "porque" e ontem depois de ler o que me escreveste, já não são essas questões que me sucedem no meu pensamento.
Contigo deparei com uma parte de mim, que ainda estava por encontrar (as lágrimas já começam a enevoar os meus olhos). Temos uma cumplicidade infinita, uma ligação que jamais pensei vir a tornar-se tão forte. Reconheço! Cada dia, é uma nova descoberta, é uma nova etapa, é uma constante de sentimentos (já estou a lacrimar). Parte de todos os momentos que cruzamos, estão a ser recordados neste momento, foram únicos e digo-te, o meu muito obrigado por me teres feito sorrir desta forma tão natural. Tornaste-me numa pessoa ainda mais forte, com a capacidade de vencer, de não desistir, e não sabemos o dia de amanhã, mas vou lutar por ti, tu sabes! Podes estar onde estiveres, mas estarás sempre naquele sítio, no coração

E grito para o mundo, 
A d o r o - t e (R')  




1 comentário:

Ricardo Amorim disse...

só tenho a dizer que te adoro muito e Deus queire que não nos separemos por motivos de força maior! onde eu estiver, vais estar sempre no meu pensamento e no me coração minha menina $